Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

Notícias e eventos

14
Setembro 2012

Inadimplência do consumidor cai 0,2%

Em todo o País, o número de consumidores que deixaram de honrar suas dívidas caiu 0,2% em agosto na comparação com julho, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor. Essa foi a terceira queda mensal consecutiva. Na comparação com agosto do ano passado, a inadimplência cresceu 7% e no acumulado do ano houve crescimento de 16,2%. Em agosto de 2011, o crescimento no acumulado do ano foi de 23,4%.

De acordo com os economistas da empresa, a terceira queda mensal consecutiva verificada em agosto e o menor ritmo de expansão no acumulado do ano mostram que a inadimplência do consumidor está perdendo fôlego. “Isto se deve à redução das taxas de juros no crédito, à procura pela renegociação de dívidas, aos lotes recordes de restituição do Imposto de Renda e à antecipação da primeira parcela do décimo terceiro salário aos aposentados e pensionistas, efetuada na última semana de agosto”, diz a nota da Serasa Experian.

As dívidas com os bancos e os cheques sem fundos foram os principais responsáveis pela queda do indicador em agosto, com variações negativas de 1,3% e 2,9%. Já as dívidas não bancárias (cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia e fornecimento de energia elétrica, água etc) tiveram elevação de 1,5%. Os títulos protestados registraram variação negativa de 0,8%.

Segundo o indicador, o valor médio das dívidas com os bancos caiu 2,2% no acumulado do ano ante o mesmo período de 2011. No sentido oposto registraram alta os títulos protestados (7,1%), as dívidas não bancárias (5,7%) e os cheques sem fundos (11,3%). (Agência Brasil)

Mais notícias e eventos

Nossa localização

Receba nossos boletins por e-mail